Reputação e Compliance na Contratação

Reputação e Compliance na Contratação dos colaboradores é o novo desafio das empresas.

Assim, cada vez mais, as empresas exigem dos candidatos, boa reputação e compliance como requisitos para a contratação.

E que tenha ética profissional como pilar, ou seja, o compliance individual.

Então, no post desta semana veremos como as empresas pesquisam e avaliam a reputação e o compliance dos candidatos antes de os contratar.

Os leitores devem ainda conferir no Blog o post Compliance Trabalhista ou Programa de Integridade e baixar o e-Book:

O compliance ou programa de integridade tem se tornado cada vez mais realidade nas empresas.

Por conseguinte, cada vez mais as empresas buscam no mercado de trabalhos profissionais que partilham dos mesmos valores éticos empresariais.

Portanto, para identificarem se os candidatos correspondem as expectativas, os recrutadores não só investigam a vida dos candidatos nas redes sociais.

Assim realizam a análise do perfil comportamental profissional destes candidatos.

Por conseguinte, os recrutadores vasculham a vida do candidato para saber se eles inspiram confiança.

Ainda se já cometeu alguma fraude, forneceu informações verdadeiras em seu currículo, e se o seu patrimônio corresponde ao seu padrão de remuneração.

A investigação da Reputação e Compliance na Contratação

Nesta semana Ana Maria Braga no Programa Mais Você divulgou uma série de vídeos alertando para os cuidados das informações que as pessoas publicam nas redes sociais.

Sendo assim, um caso bem emblemático de uma dona de casa, que não conseguia encontrar uma empregada doméstica, que se adaptasse ao seu perfil.

Portanto, resolveu investigar a vida de uma candidata nas redes sociais, para saber se o perfil da candidata correspondia as expectativas da profissional que ela buscava.

Assim as referências investigadas foram o modo de vestir, as opiniões em post, o comportamento, os valores.

Logo, uma foto chamou a atenção da dona de casa, pois a candidata estava segurando uma jarra de chopp e pousando que estava bebendo o chopp direto na jarra.

Contudo, a dona de casa não julgou negativamente pela primeira impressão e resolveu investigar mais a vida desta candidata.

Entretanto, se surpreendeu com muitos indícios positivos dela, na rede social, o que levou a dona de casa a contratar tal candidata.

Por fim, após 4 longos meses angustiantes de tentativas frustradas com funcionárias que não se adequavam, a dona de casa conseguiu uma colaboradora que correspondeu as suas expectativas.

Em resumo, o comportamento ético e boa reputação na vida pessoal e familiar da candidata fez total diferença na sua contratação.

Quanto a jarra de chopp era somente uma brincadeira inofensiva, pois a candidata nem tem o costume de consumir bebidas alcoólicas.

Contudo, a brincadeira poderia ter sido comprometedora se o contexto não estivesse claro o suficiente.

A responsabilidade Empresarial na Contratação

Entretanto, a preocupação não está somente em buscar o colaborador mais adequado ao perfil empresarial.

Mas também em encontrar o colaborador que não tenha disposição em cometer fraudes e crimes empresariais.

No entanto, não associar a empresa a um colaborador de reputação comprometida, que não tem uma boa imagem no mercado de trabalho.

Contudo, a lei é clara ao estabelecer a empresa como responsável pela reparação decorrente dos atos ilegais praticados por seus funcionários e prepostos no exercício do trabalho.

Ou seja, a empresa indenizará as vítimas dos crimes que seus funcionários cometerem no ambiente de trabalho.

Em resumo os crimes podem ser vários, sendo os mais comuns: assédio moral ou sexual, fraudes, corrupção, lavagem de dinheiro, a tortura, agressão física, lesão corporal, assassinato, ameaça.

Enfim, para minimizar os riscos na contratação investigue a vida do candidato para avaliar se, sua reputação e compliance individual são adequados ao perfil empresarial.

Portanto, que corresponda as expectativas da empresa no mercado, e seja suficiente para despertar a confiança dos parceiros, investidores e colaboradores.

Além é claro de fomentar a boa imagem, a reputação positiva inspira credibilidade da empresa para a sociedade.

Análise do perfil comportamental profissional

Cada vez mais empresas e agências de recrutamento e seleção tem utilizado da análise do perfil comportamental profissional para contratar.

Desse modo tal análise busca identificar o candidato mais alinhado com a cultura organizacional da empresa e o cargo que irá assumir.

Visto que é tão importante definir com clareza o DNA organizacional, que consiste na identidade da empresa, e que deve ser pautada em 3 norteadores: missão, visão e valores.

Portanto, um DNA organizacional bem definido e estruturado pautará todas as estratégias da empresa, não só de contratação, mas inclusive de Compliance.

Em suma há como benefícios da Análise do Perfil Comportamental Profissional:

  • Contratação assertiva e retenção de talentos;
  • Funcionários mais satisfeitos e engajados com a filosofia da empresa;
  • Menos conflitos no ambiente de trabalho;
  • Não só melhorias no processo de gestão de pessoas;
  • Como também redução da rotatividade;
  • Além de diminuição dos custos de contratação e demissão de funcionários;
  • Por fim, menos tempo e investimento em integração e treinamento.

Conclusão

Em resumo, a reputação e o compliance são as métricas de investigação que se apresentam como solução para uma boa contratação.

Visto que somados a análise do perfil comportamental ajuda a identificar o candidato certo para o cargo minimizando riscos na contratação.

Ademais, constituem 3 ferramentas que ajudam no combate à criminalidade no ambiente de trabalho, e segurança para as empresas.

Para saber mais a respeito do Compliance Trabalhista confere o post anterior “O Compliance Trabalhista é a Confiança Empresarial”.

E fica a pergunta: você empreendedor sabe utilizar do Compliance Trabalhista para evitar prejuízos financeiros e dores de cabeça, e por fim aumentar sua rentabilidade?

Curta este post, compartilha com os amigos, acompanhe no Instagram @alinefonsecaadvocacia, se  inscreva aqui no Blog e receba novos conteúdos semanalmente.

Deixe uma resposta